Laticínios Gioia coloca no mercado ricota cremosa e com sabor

Atibaia (Agência Hoje) - Fabricante de manteiga e sete tipos de queijos, incluindo a mussarela e o provolone, a empresa Laticínios Gioia, com sede em Atibaia e 59 anos de existência, está reposicionando no mercado de São Paulo dois produtos de grande procura - a ricota fresca light e a ricota flor da nata.

A novidade é a embalagem de 400 gramas, o prazo de validade de 10 dias para a flor de nata e de 20 para a light. O produto em si também muda, fica mais cremoso e saudável. As vendas são feitas em centenas de supermercados de São Paulo, de cidades do interior e também de outros Estados.

A ricota do Gioia é diferente de tudo o que existe no mercado. Ao contrário das outras, geralmente duras e compactas, sem sabor, esta é muito saborosa, leve, fácil de passar no pão ou comer diretamente na colher. O aspecto é ótimo e vai bem para complementar pratos diversos.

O Gioia mantém uma loja de fábrica em Atibaia (avenida Industrial Walter Klolt, 1.061, Jardim Cerejeiras) e uma loja virtual no site da empresa (www.laticiniosgioia.com.br) com um volume de vendas considerável, principalmente em São Paulo e região. O telefone é (11) 4411-0088 e as entregas costumam ser pontuais. O maior volume de vendas do laticínio continua sendo os queijos, em especial os tradicionais, tipo mussarela, mussarela fatiada, queijo prato lanche, minas padrão, minas padrão curado e minas frescal. Provolone e provolete são outros podutos de grande procura, o mesmo acontecendo com a manteiga vendida em embalagens de 250 gramas.

"Os produtos são fabricados com leite da região, com sua qualidade garantida através de assistência técnica aos produtores e análises diárias das propriedades físico-químicas do leite, assegurando a qualidade do produto final", afirmam assessores da empresa. O atendimento é feito tanto no atacado quanto no varejo.

Mais recentemente o laticínio lançou alguns derivados do queijo mussarela. São a mussarela filada, também conhecida pelos nomes sugeridos pelos consumidores - trança, bolinha, palito e nozinho. Com preço no varejo em torno de R$ 25 o quilo, pelo menos 20% menor do que a média dos concorrentes, ela tem se destacado pela grande procura em São Paulo e Minas.


Voltar